Seminário discute gestão de arranjos produtivos locais de base mineral

Empresários, gestores e técnicos de Arranjos Produtivos Locais da base mineral de todo o País, se reúnem a partir desta quarta-feira, em Curitiba, para discutir, entre outros temas, gestão e desenvolvimento sustentável. Também participam do IV Seminário Nacional de APLs da Base Mineral lideranças e técnicos de instituições públicas e privadas, profissionais da área e estudantes.

No encontro serão apresentados casos nacionais de APLs e aglomerações na base mineral, com o objetivo de disseminar conhecimento sobre novas formas de gestão e propostas de sustentabilidade para os arranjos do setor. Outra meta do seminário é sensibilizar entidades de fomento e financiamento para a importância do setor mineral na economia nacional.

A indústria mineral tem grande potencial econômico e é considerada excelente oportunidade para o crescimento de micro, pequenas e médias empresas. Além disso, utiliza mão-de-obra em larga escala e contribui para gerar emprego e renda e promover o desenvolvimento regional.

O seminário é uma realização da Rede Paranaense de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais em parceria com a Minerais do Paraná S/A, a Mineropar e Sistema Fiep. Outros parceiros são a Secretaria da Geologia, Mineração e Transformação Mineral, do Ministério de Minas e Energia, e a Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação - Setec, do Ministério de Ciência e Tecnologia, com patrocínio oficial da Itaipu Binacional.

PROGRAMAÇÃO – O encontro será realizado na Cietep/Fiep, na Avenida Comendador Franco, 1.341, Jardim Botânico, Curitiba. Nesta quarta-feira (19), das 15h às 18h, o evento tem início com a reunião do Comitê Executivo da Rede Brasileira de Informação de APLs da Base Mineral. Em seguida, às 19h30, a palestra de abertura com o tema “Ações do Governo Federal para a política mineral no Brasil”, que vai ser proferida pelo secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, do Ministério das Minas e Energia, Cláudio Scliar.

Na quinta-feira (20), estão programados painéis e debates sobre dois temas: políticas públicas do governo federal para as APLs e os critérios de excelência como modelo de gestão para as empresas. Para a tarde, estão programados os seguintes temas: cooperativa mineral, consórcios de exportação, desenvolvimento sustentável, fundo de fomento à mineração e extensionismo mineral.

Na sexta-feira (21), pela manhã, os temas abordados serão “Sustentabilidade Ambiental da Pequena Mineração” e “Desenvolvimento e Inovação Tecnológica”.

Fonte: AEN