Mineradora pretende extrair 35 mil Toneladas de Calcário por ano em Quixeré

A comunidade do município de Quixeré, no Baixo Jaguaribe, teve acesso, nesta quarta-feira (1), ao projeto e estudo ambiental da empresa Micron-Ita, apresentados durante audiência pública presidida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), órgão responsável pelo licenciamento do empreendimento. A mineradora pretende se instalar na região para extrair cerca de 35 mil toneladas por ano de calcário para produzir carbonato de cálcio, muito utilizado em componentes de PVC, cimento, cal, entre outros.

Segundo Guilherme Diniz, representante da Micron-Ita, a localização do empreendimento se deu pela qualidade do mineral encontrado na região, com alto teor de carbonato de cálcio. Diniz informou que a área que a empresa pretende utilizar, no sítio Bom Sucesso, distante cerca de 30 km da sede de Quixeré, é de 70 hectares (ha), com uma reserva lavrável autorizada pelo Departamento Nacional de Produção Mineral de 284 milhões de toneladas. “Com a nossa expectativa de extração anual, esse é um projeto com duração para 100, 200 anos”, disse o representante da Micron-Ita.

A intenção da empresa é iniciar a operação no segundo trimestre de 2017. Com relação à geração de empregos, Guilherme Diniz salientou que a Micron-Ita quer contratar a mão de obra local, favorecendo os moradores de Quixeré, o que irá gerar renda para o município. Apenas alguma atividade mais específica que não apresente disponibilidade de profissionais é que terá pessoas de fora.

Fonte: Governo do Estado do Ceará